3 dicas de como fazer clipagem digital com sucesso

3 dicas de como fazer clipagem digital com sucesso

Somado ao release e à coletiva de imprensa, o clipping compõe o tripé básico de ação das atividades de assessoria de imprensa.

Trata-se de uma forma de medir, avaliar e entregar os resultados que definem a presença do assessorado (pessoa física, jurídica ou organização não-governamental) na mídia em determinado intervalo de tempo. Nesse contexto, existe o método tradicional (que vasculha os veículos impressos, principalmente), o monitoramento de redes sociais (que avalia quantas vezes houve menção positiva ou negativa relacionada ao assessorado) e a clipagem digital (que leva em consideração o tamanho infinito da web para mensurar a presença online).

Quando falamos de clipagem digital, métricas como as de centimetragem de colunas não fazem mais sentido como faziam no ambiente offline. Além disso, é válido lembrar a infinidade de veículos presentes na web e que, por consequência, devem ser “varridos” por assessorias de imprensa em busca de notícias relevantes aos seus clientes. Também é preciso ficar atento às réplicas: uma reportagem publicada em determinado veículo pode ser facilmente aproveitada em outro, enviada por e-mail ou repercutida em mídias sociais e blogs. O que pode atrapalhar a coleta de dados.

Veja também: Como disponibilizar o clipping ao público externo?

Como checar onde meu release foi publicado?

Conhecendo a complexidade do processo de clipagem digital, separamos 3 dicas para realizar esse procedimento da maneira mais assertiva e simplificada possível, sem deixar de entregar bons resultados. Veja:

Seja específico na busca

A exatidão nos termos de pesquisa é a melhor amiga dos assessores de imprensa que devem fazer a clipagem digital. Isso acontece porque quanto maior a especificidade das palavras-chave buscadas, maior a relevância nos resultados apresentados - essa dica é válida para todas as plataformas utilizadas para monitoramento de notícias, desde o Google até uma ferramenta mais completa. Quando estiver se referindo a palavras compostas, não se esqueça de utilizar aspas (por exemplo: “Universidade de São Paulo”). Se tiver alguma palavra que você deseja excluir da busca, use o sinal de “menos” (-). Por fim, se deseja restringir a busca a sites específicos, use o operador do site exemplo: folha.uol.com.br.

Crie alertas no Google

Google Alerts é um recurso gratuito do maior buscador de sites do mundo e bastante simples de usar. Basicamente, ele dispensa o monitoramento manual de determinada palavra-chave (que pode ser o nome do seu assessorado, por exemplo) e realiza esse processo de maneira automática. Nas configurações, é possível ajustar para receber e-mails com novas inserções de maneira diária, semanal ou mensal. Também é possível solicitar que alertas sejam enviados a cada nova varredura e detecção de inserção da keyword. Ainda é possível determinar fonte, idioma, região e quantos clippings deseja receber - se quer visualizar todas as menções ou apenas as mais relevantes.

Use um sistema mais complexo para gerar relatórios

Ferramentas mais completas de clipagem digital vão além do monitoramento online constante. Esse tipo de tecnologia é capaz de entregar estratégia devido à possibilidade de gerar estatísticas sobre as informações coletadas - a exemplo da quantidade de notícias publicadas para cada cliente (fundamental às agências de comunicação) e evolução da imagem, algo tão solicitado pelos assessorados em busca de branding com ações de assessoria de imprensa.

Leia também: Clipping: O Guia Definitivo

Klipbox – Auxílio para uma clipagem rápida e eficiente

O Klipbox reúne em uma só ferramenta as principais e mais úteis funções para agilizar clipagens. O monitoramento de notícias é realizado de forma contínua e em tempo real.  Esse acompanhamento é possibilitado através de palavras-chave e permite a classificação e avaliação de resultados. Vantagem para quem quer acompanhar de perto o desempenho de uma marca ou cliente.

Além das facilidades de busca e filtragem de resultados, o Klipbox produz gráficos interativos que permitem a análise de repercussão sobre notícias e mensurar quantas foram publicadas. A ferramenta oferece ainda a possibilidade de alimentação de redes sociais a partir de notícias coletadas, diretamente do Klipbox, tudo de forma rápida e prática, sem perda de tempo.
E para concluir, através do Klipbox você pode selecionar as notícias mais relevantes e enviar ao seu cliente de forma organizada e no formato que você escolher – PDF, RTF ou XLS.

 

Quer conhecer mais ferramentas? Esse post é para você: Aplicativos de notícias: conheça os 6 melhores

2017-01-10T09:23:59-02:00 By |1me, Clipping, dicas|

One Comment

  1. Anônimo 6 de janeiro de 2017 at 21:32

    5

Leave A Comment